O lugar que ele não devia ter saído

Renato Portaluppi, conhecido como Renato Gaúcho pelos brasileiro que moram pra cima da borda norte do Rio Grande, era quase um ex-técnico, mas ele voltou para o Grêmio, aonde é aclamado piamente, o maior jogador que vestiu azul, preto e branco.

- Cada gol do Pelé é uma mina que eu peguei.

Renato chegou, e o Grêmio mudou, o time sem alma, sem o espírito peleador característico, ganhou gana, força e qualidade. É como se ele estivesse jogando, vestindo a 7.

A volta dele encheu estádios, todo jogo no Olímpico é cheio, para ver Renato. Se Jonas marca um gol, se Victor pega um pênalti, ou Adilson da um carrinho salvador, torcida vibra, mas após do jogo eles vão atrás do treinador.

Porto Alegre tem sua metade mais feliz, independente do resultado do jogo, Renato está lá, aonde vai, as pessoas param, tiram foto, pedem autógrafo  até choram copiosamente.

Se ele faz gols em amistoso, vira notícia, se ele fala que vai dar um DVD com gols dele de presente para o Pelé, vira notícia. Se uma garota rouba um beijo dele, com o namorado ao lado, vira notícia. Ele é a notícia porto-alegreense, mesmo com o Inter indo para o Mundial.

A outra metade da capital gaúcha teme ainda mais o gigante azul. Renato está de volta.

Se o Goiás perder a Sul-americana, eu apostos minhas fixas no Grêmio para a Libertadores de 2011. Ele é o treinador certo no lugar certo. O tricolor fica ainda mais copeiro com ele no banco.
 

Renato, fique de vez em Porto Alegre, aceite o cargo de treinador com prazo vitalício, você sempre faz bem ao Imortal.

Abraços.
Caio di Pacce.

Anúncios

Lá vem Renato.

Maradona treinando a Argertina, Roberto Dinamite voltou ao Vasco, Zico voltou ao Flamengo. Em menor proporção, Felipão voltou para o Palmeiras. Mais um ídolo maior sairá da santidade e voltará a ser mortal dentro de um clube. Ao que tudo indica Renato Gaúcho, mais conhecido como Renato Portaluppi voltará ao Grêmio.

Após a derrota em casa para o Fluminense, Silas saiu do comando do tricolor gaúcho, que vê seu maior rival na final da Libertadores e com a vaga no mundial interclubes. E pior, atualmente encontra-se na zona de rebaixamento do Brasileirão 2010.

Renato Gaúcho, ou melhor Portaluppi, já fez bons trabalhos, tanto no Vasco como no Fluminense. Mas também fez péssimos trabalhos no mesmo Vasco e no mesmo Fluminense. Suas atitutes extra campo eram um tanto quanto peculiar.

Nas entrevistas era comum vê-lo com óculos oscuros, todo marrento. Ainda mais marra havia nas suas declarações. A mais famosa foi a dada antes da final da Libertadores de 2008, quando disse: “- Estamos a 5 metros da Libertadores do ano que vem”. Todo mundo sabe que o Fluminense perdeu da LDU naquela final. E o time ficou anos-luz da Libertadores de 2009.

Renato tem toda identificação com o Grêmio Football Porto-Alegreense. Fez os dois gols do Mundial interclubes. E fez o gol do título da Libertadores. A torcida o ama sem limites, terá a paciência que Silas, e outros não tiveram. Pode dar caldo essa contratação.

Abraços.
Caio di Pacce.