Dublin anoiteceu calada.

A noite de quarta-feira tinha tudo pra ser inesquecivel para os irlandeses. O jogo em Paris valia muito. Metade do estadio era verde, branca e laranja.  E o time de Trappatoni estava muito afim de roubar a cena e a fazer a festa fora de casa.

A partida comecou tensa, a Franca queria claramente  se defender e contra-atacar e o limitado time Irlandes insistia demais nas bolas aereas, mas jogava pra frente, querendo o resultado. A esperanca irlandesa cresceu quando o experiente Robbie Keane abriu o placar aos 32 do primeiro tempo.

O time frances estava apatico, Gorcouff e muito fraco, logo o time frances ficava sem meio campo, Anelka e Henry tinham que buscar a bola no meio campo e o jogo nao rendia. O time irlandes foi melhor no segundo tempo tambem. Teve duas chances clarissimas de gol, uma com Duff e outra com Keane, e eles as disperdicaram.

A primeira regra que meu pai me ensinou sobre futebol: Quem nao faz, toma. E isso aconteceu na prorrogacao, mesmo com um auxilio ENORME do arbitro sueco e da mao de Henry, Gallas marcou e empatou a partida.

Ao fim do jogo os irlandeses sairam pra cima do juiz, reclamando muito de sua decisao. A torcida na cidade, que so cantava C’mon you boys in green! (no ritmo de uma das musicas do Silvio Santos. Pedro de Lara la, la la…) ficou revoltada. Via-se muitos copos quebrados, cervejas ao chao, devido a essa revolta.

A Irlanda merecia essa vaga, pois jogou melhor as duas partidas, e o povo irlandes precisava dessa classificacao, ja que sua economia ainda sente muito a crise mundial. Durante a transmissao, toda vez que mostrava o Primeiro-ministro irlandes, o pub aonde estava se unia para vaia-lo fortemente.

Bem, quem sabe fica para uma proxima vez.
Forza Irlanda.

Abracos do enviado especial.
Caio Di Pacce.

Anúncios

Dublin vai parar

Amanhã, pelas eliminatórias da Copa do Mundo Irlanda enfrentará a França em Paris. O primeiro jogo, no Croke Park, o time de Trappatoni perdeu por 1×0 com gol de Anelka. O time francês não jogou nada, sofreu muito com as bolas aéreas irlandesas, mas teve uma maior eficiencia nas conclusões.

O jogo de volta vale muito para os irlandeses, a capital está parada, tensa, querendo muito a classificação. Será difícil, a zaga francesa é bem composta e terá que ser vazada 2 vezes para perder a vaga para o selecionado irlandês.

Vejamos o que acontecera amanha, mas Dublin ja esta parada.

Abraços do enviado especial de Dublin.
Caio di Pacce.