Dublin anoiteceu calada.

A noite de quarta-feira tinha tudo pra ser inesquecivel para os irlandeses. O jogo em Paris valia muito. Metade do estadio era verde, branca e laranja.  E o time de Trappatoni estava muito afim de roubar a cena e a fazer a festa fora de casa.

A partida comecou tensa, a Franca queria claramente  se defender e contra-atacar e o limitado time Irlandes insistia demais nas bolas aereas, mas jogava pra frente, querendo o resultado. A esperanca irlandesa cresceu quando o experiente Robbie Keane abriu o placar aos 32 do primeiro tempo.

O time frances estava apatico, Gorcouff e muito fraco, logo o time frances ficava sem meio campo, Anelka e Henry tinham que buscar a bola no meio campo e o jogo nao rendia. O time irlandes foi melhor no segundo tempo tambem. Teve duas chances clarissimas de gol, uma com Duff e outra com Keane, e eles as disperdicaram.

A primeira regra que meu pai me ensinou sobre futebol: Quem nao faz, toma. E isso aconteceu na prorrogacao, mesmo com um auxilio ENORME do arbitro sueco e da mao de Henry, Gallas marcou e empatou a partida.

Ao fim do jogo os irlandeses sairam pra cima do juiz, reclamando muito de sua decisao. A torcida na cidade, que so cantava C’mon you boys in green! (no ritmo de uma das musicas do Silvio Santos. Pedro de Lara la, la la…) ficou revoltada. Via-se muitos copos quebrados, cervejas ao chao, devido a essa revolta.

A Irlanda merecia essa vaga, pois jogou melhor as duas partidas, e o povo irlandes precisava dessa classificacao, ja que sua economia ainda sente muito a crise mundial. Durante a transmissao, toda vez que mostrava o Primeiro-ministro irlandes, o pub aonde estava se unia para vaia-lo fortemente.

Bem, quem sabe fica para uma proxima vez.
Forza Irlanda.

Abracos do enviado especial.
Caio Di Pacce.

Anúncios

Dublin vai parar

Amanhã, pelas eliminatórias da Copa do Mundo Irlanda enfrentará a França em Paris. O primeiro jogo, no Croke Park, o time de Trappatoni perdeu por 1×0 com gol de Anelka. O time francês não jogou nada, sofreu muito com as bolas aéreas irlandesas, mas teve uma maior eficiencia nas conclusões.

O jogo de volta vale muito para os irlandeses, a capital está parada, tensa, querendo muito a classificação. Será difícil, a zaga francesa é bem composta e terá que ser vazada 2 vezes para perder a vaga para o selecionado irlandês.

Vejamos o que acontecera amanha, mas Dublin ja esta parada.

Abraços do enviado especial de Dublin.
Caio di Pacce.

Repescagem européia para a Copa

Foi definido ontem os confrontos da repescagem européia para a Copa da África do Sul:

Portugal x Bósnia-Herzegovina
França x Irlanda
Rússia x Eslovênia
Grécia x Ucrânia

Destaque para o jogo entre França x Irlanda, que pra mim será o encontro mais difícil, o time verde poderá surpreender os franceses, principalmente se fizer um bom jogo em Dublin. Portugal, de nosso amigo Marquinhos, se deu bem, pois enfrentará o time Bósnio com grandes chances de classificação.

Rússia e Eslovênia farão um confronto muito disputado, mas acho que o selecionado de Arshavin passa com algumas sobras. E o encontro entre Grécia x Ucrânia não tem favoritos, são seleções semelhantes, porém com um futebol médio.

Os jogos acontecerão nos dias 14/11 e 18/11.

Abraços.
Caio di Pacce

Cristiano-Ronaldo-Portugal-Euro-2008-Training_921770

O Uruguai se complicou

FBL-WC2010-USA-CRCOntem, a inusitada covardia uruguaia pode ter efeitos mais drásticos. A Costa Rica, usando da mesma displicência, deixou escapar a vaga direta para o Mundial, cedendo um empate para o já classificado Estados Unidos.

Não é que o futebol costarriquenho desperte calafrios nos oponentes. Com o perdão do exagero, recentemente nos acostumamos a ver nossos amigos caribenhos pelas Copas – inclusive enfrentando o Brasil. Foi assim em 1990 e em 2002.

No dia 14 de novembro “los ticos” e “los charruas” medirão forças para a última vaga. Nossos vizinhos enfrentarão um time sedento e frustrado, que viu a classificação escapar nos últimos segundos de uma partida praticamente ganha.

Segundo o diário “La Nacion”;

La Selecion terminó en el suelo, entre lágrimas de frustración, tras el doloroso empate 2-2 que deja a la Tricolor en una sala de purgatorio que se llama repechaje ante Uruguay.

Cabe agora ao Uruguai se reorganizar e esfriar a cabeça. Se apresentar o futebol horrendo de ontem, certamente, o Brasil corre o risco de repetir os duelos ocorridos na Itália e no Japão.

PS: E não é que a Honduras vai pra Copa?

O jogo do ano

Amanhã será um dia e tanto. Não só para as nações envolvidas no certame, mas para todos aqueles que gostam de futebol. A América Latina vai parar para acompanhar o jogo do ano: Uruguai x Argentina.

De um lado a sede uruguaia para chegar a mais um Mundial . Do outro, o orgulho portenho do futebol argentino. Entre eles, uma vaga para o Mundial da África do Sul.

O ex-jogador Sérgio Martinez, El Manteca, atacante uruguaio que brilhou no Boca Juniors nos anos 90 disse ao jornal argentino Olé que esse jogo é digno de uma final de Copa do Mundo. Disse também que as chances do Uruguai são grandes, já que a Argentina não apresenta um bom futebol.

Os dois países de fato decidiram um Mundial, o de 1930. Na ocasião, o Uruguai levou seu primeiro título, goleando os argentinos por 4 a 2.

O jogo ganha um tempero extra com a dependência do resultado do jogo entre Chile e Equador. Caso a equipe andina vença os equatorianos, a Argentina só precisaria de um empate para se classificar. Para deixar os hermanos de fora, o Equador tem de vencer por cinco gols de diferença.

O técnico do Chile, Marcelo Bielsa, que é argentino, garante a lisura da disputa: Para el partido con Ecuador, la deportividad está garantizada. No necesito una condición añadida a mi nacionalidad. Vamos a hacer todo lo posible para obtener los puntos en juego en el próximo compromiso.

Segundo a rádio Jovem Pan, já foram vendidos 60 mil ingressos. Dessa forma, o Centenário de Montevidéo será mais uma vez, o palco de uma batalha épica.

Tanto que envolveu até o poder público. O governo uruguaio declarou que o jogo será transmitido pela rede pública de televisão. O efetivo policial será de 800 oficiais e os jogadores pediram mais ingressos para os uruguaios. Segundo Jorge Lopez, do Clarin: A Argentina será mais visitante que nunca!

No campo, o principal destaque argentino da partida contra o Peru não é certeza para o jogo de amanhã. O técnico Maradona faz mistério e escalou dois times distintos no último treino, sendo um deles com o ataque formado por Palermo e Tevez.

“El Loco” tem história contra os uruguaios. Na Copa América de 1999, após ter errado três penâltis contra a Colômbia, fez um gol e acabou com um olho roxo – garantindo a vitória argentina por 2 a 1.

Pelo lado da celeste, todas as fichas estão no experiente Diego Forlan. O técnico Osvaldo Tabarez diz que vai manter o mesmo time que enfrentou o Equador na última rodada. O meio campista Alvaro Pereira afirma que o Uruguai não é favorito, mas que o time está concentrado – “Muitas vezes nos deram por mortos e estamos aqui, a um jogo do Mundial“.

Para completar a atmosfera do jogo, há 34 anos a Argentina não ganha da esquadra celeste nos campos do Centenário. O último jogo foi em 1975, pela Copa Newton (??) e os hermanos bateram os charruas por 3 a 2.

Portanto, se preparem pois amanhã é dia de feijoada completa, principalmente para os apaixonados pelo esporte bretão.

118102-004-80C0502E

Resumo do feriado.

Esse feriado do dia 12 de outubro sobrou em emoção no futebol. A primeira parte da 29a rodada do Brasileiros contou com a vitória de virada do Flamengo sobre o São Paulo, com um show do veterano Petkovic, vacilo em casa do Inter contra o Atlético-PR, por 1×1. E um passeio corintiano em cima do Grêmio.

Mas o sábado mesmo sobrou em emoção na partida entre Argentina x Peru em Buenos Aires, 2×1 para o time de Maradona, com gol aos 47 do segundo tempo, gol do incansável Martín Palermo, em impedimento. Na comemoração “o pibe” deu um peixinho no gramado mais do que molhado do Monumental.

No domingo, o Brasil perdeu para a Bolívia por 2×1, em La Paz, numa apresentação sem ar do time de Dunga, que claramente sentiu a altitude. Situação horrível para quem não está acostumado, mas, pra mim, é um dos charmes, das catimbas das Eliminatórias.

Hoje, o time do Palmeiras não entrou em campo nos Aflitos, 3×0 pro Timbú. Nem Santos e Vitória entraram em campo no Pacaembu: 0x0. O Goiás vacilou em casa por 1×1 contra o Sport e no clássico mineiro deu Cruzeiro, 1×0 pra Raposa.

A vantagem ainda é de 5 pontos, agora faltando 9 rodadas.

peixinhomaradona

Abracos.
Caio di Pacce

Convocações, reta final do Brasileiro e Libertadores de 2005.

Dunga fez a convocação para os dois úlitmos jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. Chamou jogadores de 6 dos 7 primeiros times do BR-09. Diego Souza do Palmeiras, Miranda do São Paulo, Diego Tardelli do Galo, Sandro do Inter, Adriano do Flamengo e Victor do Grêmio.

 O Brasil já está classificado para a Copa e esses jogadores farão muita falta para seus clubes, mas o Brasileirão não será decidido por essa convocação, não será o fato de Dunga convocar ou não algum desses jogadores que um ou outro time será campeão, mas convocações já mudaram rumo de campeonatos, como a Libertadores de 2005.

Uma ausência em um torneio de mata-a-mata é mais sentida, pois menos jogos estão em disputa. Na Libertadores de 2005, o São Paulo foi campeão com todos os méritos, mas a chegada do Atlético-PR até a final teve uma ajuda devido a convocações de seleções para a disputa das Copas das Confederações daquele ano.

O time do Atlético enfrentou o Santos de Robinho, Renato e Léo, sem Robinho, Renato e Léo, e sapecou duas vitórias, 3×2 na Arena da Baixada e 2×0 na Vila Belmiro. Já na Semi-Final contra o Chivas, o time do Paraná enfrentou o time do México sem 9 jogadores, isso mesmo, 9 jogadores, incluindo o goleiro reserva, convocados pela seleção mexicana.

Não tendo nada com isso, o Atlético bateu o time mexicano em casa por 3×0 e empatou fora por 2×2. Na final daquela Libertadores, todos sabem, o São Paulo venceu facilmente o Atlético, empatando em Porto Alegre por 1×1 e fazendo sonoros 4×0 no Morumbi.

Então amigos torcedores dos times que brigam pelo caneco do BR-09, lembrem-se do que aconteceu com os santistas e torcedores do Chivas antes de reclamar com o Dunga.

Abraços.
Caio di Pacce.

diego_souza_gol11