A maior torcida das Américas

Antes que os amargos de plantão venham me achincalhar, absurdados com tamanho desrespeito ao messianismo corintiano, gostaria de dizer que esse post foi ideia de um corintiano roxo: o Evandro Vieira.

Sabemos que agora a noite ocorrerá um dos maiores confrontos da América Latina. Um confronto aguardado há anos, mas que por circunstâncias várias foi adiado por décadas. Na mítica arena bombonera, Boca Juniors e Corinthians Paulista medem forças pela final da Copa Libertadores.

Rivalidades diversas se afloram. Apesar do clamor popular (e quase espiritual) de se querer dividir o mundo entre corintianos e não-corintianos, certamente as torcidas rivais de ambos os países se aglutinarão. Millionários, Rojos e Academicos de um lado. Bambis, porcos e sardinhas do outro. Os de lá alentando o Timão. Os de cá engrossando as filas xeneizes.

Vamos aos números.

A Argentina poussi cerca de 41,2 milhões de habitantes. Segundo uma pesquisa de 2003 (Mora y Araujo), as cinco principais torcidas do país se distribuíam assim:

  • Boca Juniors: 33% – 13,6 milhões;
  • River Plate: 27% – 11,5 milhões;
  • Independiente: 6,3% – 2,6 milhões;
  • Racing: 5,5% – 2,2 milhões;

Dessa forma, teremos cerca de 18 milhões de torcedores “corintianos” na Argentina. Vejamos no Brasil.

Os dados vieram da consultoria Pluri, de pesquisa feita em março de 2012.

  • Flamengo: 15% – 29,2 milhões;
  • Corinthians: 13% – 25,1 milhões;
  • São Paulo: 8% – 16,2 milhões;
  • Palmerias:  6% – 12,3 milhões;

A consultoria mostra que a torcida do Santos é a nona maior do país, com 5,3 milhões de torcedores (cerca de 3% do total). Como o próprio Neymar disse que vai torcer para o Corinthians, mesmo não agradando a torcida sardinha, resolvi desconsiderar o montante do alvinegro praiano. Desconsidero também a torcida do Flamengo, que deve ter muito mais dores de cabeça com seu time no momento, para se preocupar com o desfecho dessa Libertadores.

Assim, teremos 28,5 milhões de “boquenses” aqui no Brasil.

No agregado, se hoje Brasil e Argentina fossem um grande estádio, teríamos que:

  • 42,1 milhões de barras-bravas xeneizes alentando o Clube Atlético Boca Juniors;
  • 43,1 milhões de loucos em bando apoiando o Sport Club Corinthians Paulista;

Se metade da torcida do Santos resolver desobedecer Neymar, o Boca tem mais torcida hoje. No entanto, esses números mostram que estamos diante de um belo mercado de cerca de 90 milhões de pessoas – a população total brasileira de 1970 – um movimento dificil de ser ignorado. Tanto por argentinos, quanto por brasileiros.

(Dedico esse post para o Tércio e para o Dener, discípulos assumidos de Chico Lang)

Anúncios

Uma resposta

  1. Nenhum desrespeito mestre. Apenas fatos.

    De todo modo, que torçam pra quem quiser, que venha o perigoso Vasco, a sensação Santos ou o temido Boca com sua Bombonera, pq AQUI É CORINTHIANS!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: