Quem não faz, toma.

O jogo do fim de semana foi Uruguai x Argentina, isso é indiscutível. Mas vou atender o pedido do mestre Flaco Marques, e deixar ele falar sobre esse jogo. O Brasil enfrentou o Paraguai pelas quartas-de-final da Copa América, e fez sua melhor apresentação, durante 90 minutos.

O time do Brasil não sofreu nenhuma pressão paraguaia, o time trocava passes, buscava espaços, chegava até com facilidade e com perigo, mas não conseguia concluir. O problema de finalização é crônico na seleção de Mano Menezes, o time fez mais de gols em um jogo apenas 2 vezes, e hoje não conseguia guardar.

É bem verdade que Villar foi um gigante no gol, fechou o gol, principalmente em duas investidas de Pato. O goleiro paraguaio foi um herói em campo, segurando a seleção canarinho.

Robinho foi bem, conseguiu driblar e participar da partida, Neymar fez lances perigosos, André Santos fez um bom segundo tempo, mas a bola não entrou.

Com 0x0 no placar, o jogo foi para prorrogação, que pouco aconteceu, apenas as expulsões de Lucas Leiva e Alcaraz, um para cada lado. E o jogo foi para os pênaltis.

E nesse momento, o Brasil foi EXTREMAMENTE incompetente, bateu 4 penalidades, e nenhuma entrou. Elano, que entrou pra bater, bateu pior que Baggio em 94 e Beckham na EuroCopa. Foi, sem brincadeira, a pior cobrança que eu já vi. Thiago Silva bateu no gol, mas nas mãos da muralha Villar, André Santos tentou copiar Elano, bateu um pouco mais baixo e Fred imitou Edmundo em 2000 contra o Corinthians, só que do outro lado.

Com a derrota todos saíram de campo, NENHUM deu entrevista, apenas Robinho, que mesmo jogando pouco, deu as caras na derrota, pelo menos mostrou que fala na boa ou na ruim.

Agora, que vença o Uruguai, que deu o sangue mais uma vez e mostrou ao mundo que futebol joga-se com o coração e não com cabelos moicanos e dribles desnecessários.

Abraços.
Caio di Pacce.

Anúncios

4 Respostas

  1. O Brasil jogou bem e eu não ligo para resultados. Sério, um bom jogo de bola (como Argentina e Uruguai fizeram epicamente ontem, no estádio com o melhor nome das Américas) pode até ter um perdedor, mas não um derrotado.

    O problema dessa seleção é que ela não me sinto representado por ela. Quando estou com vergonha, não saio por aí com brinco de ouro com minhas iniciais. Nenhum ser humano que respeito faz isso sem um mínimo de constrangimento.

    Essa é uma equipe que gasta mais alma para botar a culpa no gramado do que para se jogar nele. Não há caras lá que me fazem sentir orgulhoso de ter nascido no mesmo país que o deles. É isso o que mais me incomoda nesse time.

    • Amigo, há muito tempo os jogadores não dão a mínima para clubes e seleção. Isso não é novidade para ninguém!

      • Amigo, o senhor joga todo mundo no mesmo balaio. Não há como ser mais leviano que isso.

  2. Lamentável…
    Quando se vence eles dizem: ” Fiz história”.
    Já na vergonhosa derrota, o que eles dizem: “…” Aí sim deveriam dizer que fizeram história, afinal, quando foi que o Brasil errou TODOS os pênaltis cobrados??

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: