Vasco da Gama, o Gigante da Colina

O Vasco da Gama tinha times fortíssimos nos anos 90. Eu cresci vendo Romário, Edmundo, Juninho Pernambucano, Mauro Galvão, Juninho Paulista entre outros vestindo a camisa branca com a faixa preta. Vencer o Vasco era muito difícil.

Gostava muito de ver o gigante da Colina jogar (pela TV obviamente) durante esse período, era sempre um jogão. Tinha uma simpatia, pois gostava do bom futebol apresentado pelo Vasco. Mas a popularidade do time Luso-carioca despencou durante os anos 2000, junto com os resultados.

Tudo graças a um cartola: O Sr. Eurico Miranda.

O time do Vasco foi se apequenando e os escândalos foram aumentando, o ápice foi a queda para a segunda divisão.

Com a saída desse cartola e sua corja, a oposição de Roberto Dinamite tem uma missão quase que homérica de reconstruir um time mais do que falido. E vem fazendo, na medida do possível, um bom trabalho.

Ontem o time do Vasco foi aguerrido, enfrentou o time sensação do ano de 2010, o Santos FC em São Januário. E sapecou um belo 3×1. As jogadas pela esquerda com o lateral Fagner, a criatividade no meio de Felipe e Zé Roberto, somados à velocidade e brilhantismo de Eder Luís fizeram com que o Santos de Neymar entrasse na roda e perdesse o cotejo.

O Vasco jogou como aquele time do Vasco dos anos 90. Ainda há muito o que se construir, o time possui muitos problemas, mas teve um lampejo daqueles plantéis recheado de crasques que eu cresci assistindo pela TV.

Acho que vou comprar uma camisa do Vasco…


Hino do Vasco Da Gama, um dos mais bonitos do país.

Abraços.
Caio di Pacce.  

Advertisements

2 Respostas

  1. e ai Caio, blz.
    vou discordar de vc só um pouquinho.
    O Vasco teve sua melhor fase nos anos de 96 a 2001, onde conquistou 2 brasileiro, uma libertadores, e outros canecos como a Copa Mercosul em cima do Palmeiras naquele jogo histórico onde consegui virar o jogo depois de estar perdendo por 3 x 0.
    Infelizmente, depois de anos de roubalheira e desmandos a conta chegou, e claro, alta, muito alta.
    Mas confio no trabalho de Dinamite, que literalmente teve que começar do zero.
    em relação ao jogo de ontém contra o peixe, o Vasco teve oque lhe faltou em varios outros jogos, calma para administrar a vitória e também teve sorte, por que sorte tbm faz parte do futebol.

    BLOG DO CLEBER SOARES

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: