100 anos de Velo: a Cidade Azul veste Vermelho

No último fim de semana, a Cidade Azul se vestiu de vermelho e verde ao ganhar mais um time centenário: a Associação Esportiva Velo Clube Rio Clarense.

A história do Velo se confunde com o frenesi ciclístico do começo do século XX. O ciclismo esportivo era uma moda importada da França e no dia 28 de Agosto de 1910, três rio-clarenses com sotaque italiano resolveram fundar o Vélo Club de Rio Claro. Vélo é o equivalente a “bicicleta” em português.

As atividades de clube de ciclismo vão até 1920, quando o Velo se associa ao Comercial F.C. e monta sua primeira equipe de futebol. O campo que abrigaria o recém criado time está até hoje no mesmo lugar, nas proximidades da Santa Casa de Misericórdia.

No entanto, o Benitão como estádio só surgiria em 1972, com um grande esforço da comunidade e dos sócios patrimoniais. Assim, no dia 7 de Setembro daquele ano era inaugurada a casa velista. O jogo de abertura foi contra a Academia palestrina, que venceu o certame por quatro tentos a  um.

A maior glória do rubro-verde viria alguns anos depois. Em 1978, a equipe logrou o acesso a primeira divisão do Campeonato Paulista. Naquela época, o acesso dava-se pela disputa entre o segundo colocado da segunda divisão e o penúltimo da primeira. Era o chamado “rebolo”.

O time rio-clarense ficou em segundo lugar na disputa do hexagonal final, atrás da Internacional de Limeira. O grupo ainda contava com a Catanduvense, o Corinthians de Presidente Prudente, São José e o Ginásio Pinhalense.

A Inter de Limeira estaria fora da disputa pelo acesso devido a uma invasão de campo ocorrida no jogo contra o Pinhalense. Em decisão controversa, o TJD deu os pontos do jogo para a Inter, alegando que a invasão fora provocada pelos pinhalenses. Aquele jogo havia terminado 2 a 0 para equipe de Espírito Santo do Pinhal.

Assim, o Velo disputou o acesso contra o Paulista de Jundiaí em campo neutro, o Brinco da Princesa na cidade de Campinas. A melhor de três acabou com duas vitórias rio-clarenses e um empate, resultando em uma carreata rubro-verde de 40km  pela Anhanguera, com mais de 10 mil torcedores.

A estréia do Velo Clube ocorreu no primeiro dia de setembro de 1979 na Rua Javari contra o Moleque Travesso. No entanto, a diretoria velista com uma mentalidade já moderna, havia decidido dispensar todo o time que obteve o acesso. No lugar, apareceram alguns figurões, mas o curto período para adaptação levou o desentrosado time rio-clarense de volta para a segundona em 1980.

Time clássico de 1978 que logrou o acesso

Nos anos seguintes, a equipe amargaria dissabores nas divisões intermediárias do futebol paulista. O acesso veio em alguns anos como em 1991 e 1996. Dessa época, ficaram marcados na memória velista o atacante Pirulito e o folclórico goleiro Veneno.

Atolado em dívidas e sem suporte financeiro, o Velo Clube chegou a deixar de disputar competições profissionais nos anos 2000. Atualmente está disputando o acesso a série A3 do Paulistão, juntamente da mesma Inter de Limeira.

Virou até documentário!

Os cem anos de história do Velo-clube rio-clarense tornou-se documentário através da pesquisa de Guilherme Serapião, estagiário do Arquivo Público e produção do Grupo Kino-Olho. O documentário retrata a origem do time rio-clarense, contando seu início e principais jogadores através dos relatos de José Roberto Satoro (pesquisador e principal fonte de conhecimento para este filme e que lança um exclusivo livro sobre o tema) e de José Otávio Sanches Varella (atual diretor social do Velo).

Além disto também a produtora conheceu as histórias de antigos jogadores como de Vicente Pero Portes, Jaime Luiz Fiorio e Tito Livio Maule, do qual ganha destaque ao relatar sua breve biografia futebolistica (mas de grande valor) confidenciando sua decepção devido problemas físicos.

Portanto, antes de apenas ilustrar informações sobre este clube centenário, o documentário apanha impressões pessoais daqueles que fizeram parte de sua História.

Realização: Prefeitura de Rio Claro, Secretaria da Cultura, Grupo Kino-Olho, Arquivo Público Municipal, TV Cidade Livre, Cia Quanta de Teatro, Portal Memória Viva, Ponto de Cultura Rio Claro e UNESP.

Agradecimento especial ao João Paulo Miranda, da Kino Olho: http://kinoolho.blogspot.com

Agradecimento especial também ao Evandro Vieira, pelo relato de 1978-79.

Anúncios

6 Respostas

  1. Salvo a Velo!
    Mais 100 anos!

    Viva o Futebol do Interior Paulista!

  2. Isso que são 100 anos: títulos, glórias e um estádio!!!!

  3. Belo texto Fernando!
    Só uma coisa sobre a campanha de 78: por causa dos problemas de invasão de campo, a disputa para ver qual time obteria o acesso foi marcada em data muito próxima do começo do campeonato. Na semana seguinte à vitória, o Velo já teve que entrar em campo. Ao que parece, os jogadores foram dispensados pelo final do contrato mesmo. Ou pelo menos é assim que meu vô me contou a história hehe…engraçado essas coisas de versões diferentes…preciso ler o livro que foi lançado.
    Véééééééééééélôôôôôôô…

  4. Quem assumiu o Velo administra/financeira depois da conquista ao acesso foram politicos, mais preocupados em como aparecer e como lucrar com a situação, resumindo gastaram muito e contrataram sem nenhuma qualidade, apareceu um daqueles empresarios que encheu o Velo de jogadores quebrados, velhos etc a maioria provenientes do sul do Brasil sem condições fisicas e técnicas ganhando verdadeiras fortunas se esquecendo completamente do elenco que levou o Velão pra cima e que moralmente havia conquistado a intermediaria (naquele tempo a serie A2 se chamava assim) .
    O resultado é o que deu. Quando o Velo caiu no ano seguindo ficaram a dividas e sumiram os politicos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: