Como em 1986

Sempre se fala que o futebol brasileiro é o mais alegre, mais carnavelsco e despojado do mundo. No entanto, o que estamos vendo nesse marasmo do pré-Copa não confirma o senso comum. Temos uma constelação de jogadores, preocupados com seus contratos, com sua imagem, com sua marca. As entrevistas são tucanas, sonsas e débeis. Se os jogadores falam mal de alguma coisa é de um objeto inanimado. Kaká rebate uma provocação argentina com uma típica resposta de gerente. Robinho só aparece em comerciais.

Enquanto isso, nossos vizinhos bi-campeões é que estão recheando e colorindo a Copa fora dos gramados. Primeiro, Maradona diz que vai subir pelado o Obelisco caso a Argentina vença o tri. Depois, ao fim de um treinamento, o escrete perdedor do rachão toma uma enxurrada de boladas nas costas do time vencedor. Em seguida, Carlos Bilardo oferece seu rabo para o marcador do gol do título.

Aí então ontem, o gênio portenho resolveu mostrar como se faz.

Na hora do treinamento de faltas, Maradona se juntou a Aguero, Milito e Palermo. De cinco tiros livres que bateu, acertou dois na caixa e um no travessão. Se fosse na Reba, o pibe já estaria com 20 pontos (5 de cada gol e 10 do travessão). Por isso, teve o melhor aproveitamento dos quatro.

Me pergunto o que o Dunga poderia mostrar “como se faz” para a constelação canarinha.

O anti-heroísmo romântico de Diego vai longe. Além de demonstrar extrema facilidade em colocar as bolas onde elas devem entrar, fez isso com um belo Cohiba entre os dedos, tragado em intervalos displicentes. A fumaça expirada carrega uma certa nostalgia. Não só dos hermanos, como de nós todos, que sabemos que não veremos um outro tipo como Dieguito por um bom tempo.

Enquanto isso, na Sala da Justiça, nossos guerreiros esbravejam que não foram para a África só de passagem. Estão todos duros, burocratizados. Incitam a batalha, a glória e o sacríficio.

Ah, que saudade do Vampeta!

Foto: AFP

Anúncios

9 Respostas

  1. Maradona é Demais, pelo mito.
    Dunga é raça, mas é sem sal.

  2. Pra variar, o texto do Flaco é absurdamente, descabidamente excelente. Que inveja. Um dia eu aprendo a escrever assim, mestre Flaco.

    • Brigado bixo! Seus textos e comentários são inspiradores. Com o Dodô agora, tenho CERTEZA que vamos a luta! Abs!

  3. Fica dando molep ro Vampeta q ele te chupa todo, rs.

  4. Flaco, ótimo texto!
    Acho engraçado que na maioria dos seus posts, eu nao consigo comentar. Esta tudo tao claro e bem escrito que fica dificil te xingar ou discordar…

    Só resta-me os elogios.

    Parabens!

    Abs

  5. Vou além!!!
    Com o Dunga no comando da até saudade do Zagallo! Que ao invés de aparecer nas entrevistas para criticar a imprensa, aparecia para dizer “Faltam 7 jogos minha gente!”, “Faltam 6 jogos!” ou então comemorava gol invadindo o campo e fazendo aviãozinho.

    • É verdade. O Dunga está muito bravo com a imprensa.
      Ele ainda guarda mágoas pela Copa de 1990.
      Espero que essa rincha contra a imprensa cause o mesmo efeito da Silencio Stampa na Copa de 1982 com a squaddra azzurra.

      VAMO BRASIL!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: