De Albert a Milla (Parte 1)

A ressaca do tri campeonato mundial ainda era sentida na boca dos brasileiros, quando em 1972, a república dos Camarões se unificou. A essa altura o mundo já obedecia aos desmandos do reinado de Pelé, enquanto que o futebol africano se resumia a uma singela participação do Egito na Copa de 1954.

Alguns anos antes, o jovem Albert pode conferir a realeza de perto quando o time do Santos excursionou pela África em 1963. Nessa época, Albert estava prestes a iniciar sua carreira de jogador, aos 13 anos, na capital Yaoundé.

Até o ano de 1977, jogando pelo Leopard e Torrene, o atacante tinha participado de 204 jogos e marcado 158 tentos. Com uma impressionante média de 0,78 gols por jogo, Albert era quase certeza de gols. De posse dessas estatísticas, não demoraria muito para que procurasse outros ares na Europa.

Campeão da segunda divisão em 2006, o Valenciennes também trouxe ao mundo Jean Pierre Papin no final da década de 1980. No entanto, quando Albert foi contratado em 1977 o time pertencia à terceira divisão francesa. O jovem camaronês prometia, mas acabou decepcionando.

Nos seis anos que se seguiram, Albert amargou banco de reservas e troca de clubes. Em 1981, conseguiu seu melhor desempenho em território francês até então, pelo time do Bastia. Participando de 113 jogos, conseguiu escorar por 35 vezes. Ainda sim, estava longe do jovem matador de Yaoundé.

O ano de 1982 trouxe a Copa da Espanha e a tragédia canarinha. Enquanto o escrete brasileiro era subjugado pela desacreditada equipe de Paolo Rossi, Albert e a seleção camaronesa experimentavam sua estréia em mundiais. Contracenando discretamente, os africanos saíram invictos, com uma coleção de três empates. Inclusive com a futura campeã Itália. Albert teve um gol anulado contra o Peru.

Albert já não era mais moço. Tinha 30 anos e uma carreira mediana fora de seu país. Ao retornar para a França, foi contratado pelo Montpellier. Passou o resto da década defendendo as cores azul e laranja do time do sul francês.

O mundial do México não contou com a presença de Camarões, mas Albert teve seu maior triunfo em clubes como profissional naquele ano. Ao final da temporada 1986-87, o atacante de 35 anos ajudou o Montpellier a chegar a primeira divisão francesa, marcando 18 gols. Nas temporadas seguintes, manteve-se regular fazendo 19 gols em 62 jogos.

Sentindo o final da carreira, Albert se exilou nas Ilhas Reunião. Sua mulher estava grávida e o jogador buscava tranqüilidade para cuidar da família. Na ilha, defendia o Jeunesse Sportive Saint Pierroise. O clube alvinegro soma dezesseis títulos nacionais e curiosamente também contou com Jean Pierre Papin em seu elenco entre 2000 e 2001.

Mas perto dos 37 anos, a  grande hora de Albert estava por vir.

Fotos: http://www.va-fc.com e http://www.mhcfoot.com

Anúncios

7 Respostas

  1. A segunda parte do Post no dia de aniversário de Milla, ou de Albert.

  2. Ninguem comenta do tabu quebrado pelo corinthians em pleno olimpico!

    né?
    mapaggi?

    hahaha

    Imparcial?!

    sei não!

  3. Ninguém comenta o fato do Grêmio ter coisa mais importante pra se preocupar do que um jogo pelo Campeonato Brasileiro no qual atuou com meio time reserva. A única relevância do domingo foi para o Corinthians que, parabéns, deixou de perder no Olímpico. É isso aí, rumo a Libertadores 2011.

  4. Só o Coringão pra botar o tricolor gaúcho de joelhos, assim como na final da Copa do Brasil de 95 e na fase final do Brasileirão de 98.

  5. hahah vamo la!
    por que se não ganha a copa do brasil vai fica dificil viw?
    ta fraco o gremio!
    infelizmente!
    antes de qualquer polemica quero deixar claro!
    Gremio até morre!
    só fiz o comentario porque seria um post interessante, afinal não é todo dia que se derruba um tabu de 11 anos!

    abraço!

  6. bonito o banner novo, em! hahahahaha

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: