Holanda de 74 – A revolução tática.

Para começar a nossa série especial de posts sobre a Copa do Mundo, escolhi a Seleção Holandesa de 1974. A Laranja Mecânica, como era conhecida em alusão ao revolucionário filme de Stanley Kubrick, revolucionou o futebol, trouxe conceitos que hoje são aplicados normalmente e encantou o mundo com o seu Futebol Total.

O selecionado holandês tinha como seu mentor Rinus Michels, que enxergava o futebol como uma batalha que precisava de muita disciplina tática para vencê-la. Criou o “Futebol Total”  que é uma táctica que consiste na exclusão de posicionamento específico para cada jogador. Todos atacam e todos defendem. Rinus conseguiu aplicar com maestria sua táctica porque foi favorecido pela elevada inteligência dos seus comandados.

O maestro desse time era Johan Cruyff, para muitos o maior depois de Pelé, o camisa 14 comandava essa equipe e com seu preciso toque de bola, dribles secos e chutes fortes e bem colocados. Jogador do Ajax, de Rinus Michel, campeão da Champions League de 1971, mudou-se ao Barcelona junto com o treinador, onde fez carreira memorável, chegando até a treinar o clube catalão nos anos 90.

URUGUAI 0 x 2 HOLANDA15 de junho, 1974 – 16:00h.

Hannover, Niedersachsenstadion. Público: 53,700 – Árbitro: Palotai (Hungria)
Gols: Rep 6′, 85′

HOLANDA: Jongbloed, Suurbier, Haan, Rijsbergen e Krol; Jansen, Van Hanegen e Neeskens: Rep, Cruyff e Resenbrink.
URUGUAI: Mazurkiewicz, Forlan, Jáuregui, Masnik e Pavoni; Montero Castillo, Espárrago e Pedro Rocha; Cubilla (Millar), Morena e Mantegazza.

As principais inovações desse time eram:

– Posicionamento variável, todos atacavam e todos defendiam

– A criação da defesa em linha, utilizando da regra do impedimento. Vejam como a defesa holandesa se comportava no minuto 0’13, ou 1’35 e como a defesa uruguais (e a dos demais países) se comportavam no minuto 5′ 30, todos os zagueiros postados atrás, enquantos os holandeses marcavam na frente, dificultando a saída de bola.

– Marcação por pressão, como todos marcavam, os uruguaios eram constantemente apertados, desde a pequena área de sua defesa, facilitando a recuperação da posse de bola para o time holandês. Também executavam a marcação em Blitz, como no minuto 2’38.

Tanto encantamento e revolução, mas o futebol prega peças, esse time se classificou para a Copa de 74 de maneira invicta, chegou à final com 5 vitórias e 1 empate, incluindo sonoros 4×0 contra a Argentina, e 2×0 contra os autais tri-campeões: O Brasil. Mas a Alemanha jogava em casa, e era um grande time.

A final dessa Copa todos sabem, foi vencida pelos donos da casa. O resultado 2×1, os Gols foram de Neeskens 2′ (pen), para a Holanda e Breitner 25′ (pen), Müller 43′ para a Alemanha Ocidental.

Uma grande injustiça, parafraseando o mestre Calazans, aquele time não levou a Copa do Mundo, azar da Copa do Mundo.

Abraços.
Caio di Pacce.

Anúncios

7 Respostas

  1. Curiosamente, a Holanda perdeu duas copas para as seleções da casa: Alemanha e Argentina.

  2. caralho, que genial

  3. Detalhe para o trinador do Uruguai ao fim do jogo, passando a mão na cabeça.
    É bom lembrar que esse time uruguaio era forte, possuía jogadores bem conhecidos no Brasil, como Pedro Rocha e Forlan, pai de Diogo Forlan, que jogavam no SPFC.

  4. detalhe o nome do estadio!

    Niedersachsenstadion

  5. Muito legal o vídeo! Impressionante as entradas dos uruguaios nas disputas de bola.

  6. […] O atual campeão rendera-se a Laranja Mecânica e seu futebol total. Aquela Holanda de Cryuff  e Rinus Michels revolucionou o futebol. Toda a noção tática de hoje […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: