Emocionante – Classificação Juventina


O Juventus arrancou uma vitoria emocionante na tarde de ontem na Mooca. O time bateu o Araçatuba por 2×1 de virada e com um golaço de bicicleta do zagueiro Rafael, levando ao delírio os mais de 1.500 torcedores que compareceram à Rua Javari.

Na verdade, ninguém sabe ao certo quantos torcedores estiveram presentes no estádio, visto que a direção do clube, num ato de menosprezo a força que este time ainda tem na Mooca e em toda a cidade, mandou imprimir apenas 1.500 bilhetes, não confiando que a torcida tinha o potencial para fazer a festa absurda e surtada que fez ontem.

O jogo foi tenso, e o primeiro tempo foi tão ridículo quanto as 7 anteriores partidas em que ficamos sem vencer. O futebol estava sofrível, o lateral esquerdo Vitinho muito mal em campo, errava todos os passes e fazia cruzamentos grotescos. O meio de campo até que funcionava razoavelmente bem, com Magno , Lucas e Marco Aurelio tocando bem a bola. O problema era quando a redonda chegava para o Nen, que apresentou o seu rotineiro futebol fantasma, aquele que todos dizem que existe, mas ninguém nunca viu. A primeira etapa terminou 1×0 para o time de Araçatuba.

No intervalo do jogo, o técnico Betinho pela primeira vez mexeu muito bem no time, tirando os dois inoperantes laterais e colocando mais qualidade em campo com Hebert, e ele, El gordito, Alex Alves, o pizzaiolo da Mooca, que mudou completamente a figura da partida.

O futebol fluía melhor e boas jogadas começaram a ser criadas pelo Juve, em uma delas, o atacante Michel fez uma boa jogada individual e levou uma rasteira dentro da área. Penalti anotado imediatamente pela arbitragem e cobrado com muita personalidade por Marco Aurélio empatando a partida.

A virada era questão de tempo, o time jogava um bom futebol e a torcida fazia a sua parte infernizando o goleiro interiorano e apoiando o time com a mesma fome dos animais selvagens a espera de sua presa. Estava lindo demais.

O gol da vitória não poderia ter um roteiro mais dramático. Escanteio cobrado e o zagueiro Rafael acerta uma meia bicicleta fantástica marcando um golaço e enlouquecendo de vez os alucinados torcedores grenás. Confesso que nesta hora fui tomado por uma loucura que não me recordo de ter sentido anteriormente, claro que o gol de 2007 foi mais emocionante, mas valia “apenas uma taça” enquanto que o de ontem valia talvez a sobrevivência do futebol juventino. A única coisa que passava pela minha cabeça, era uma sequencia interminável de palavrões e desabafos emocionantes. Quando voltei a mim, olhei para os lados e percebi que não era apenas eu quem estava assim, a emoção tomou conta de todos os torcedores, que com as mãos na cabeça cantavam arrepiados e incrédulos com o que estavam vivenciando nesta manhã de domingo inesquecível.

Daí por diante, o jogo resumiu-se ao Araçatuba indo para frente sem levar perigo, e ao Juventus contra-atacando com qualidade, mas desperdiçando as chances criadas. Tivemos ainda a expulsão de Lucas, para não perder o costume e fazer desta vitoria algo ainda mais saboroso.

Ficha Técnica

Juventus 2 x 1 Atlético Araçatuba
Local: Estádio Conde Rodolfo Crespi, Rua Javari, São Paulo (SP)
Público: 1.650 torcedores
Árbitro: Eleandro Pedro da Silva
Cartões Amarelos: Lucas e Alex Alves (Juventus), Rodrigo e Jean (Atlético Araçatuba)
Cartão Vermelho: Lucas (Juventus)
Gols: Marcos aos 15’/2T e Raphael aos 22’/2T (Juventus), Serjão aos 23’/1T (Atlético Araçatuba)

Juventus
Gustavo, Bruno (Alex Alves), Erlon, Raphael e Vitinho (Heberty), Magno, Lucas, Nem e Marcos (Rodrigo), Michel e Ricardinho
Técnico: Betinho

Atlético Araçatuba
Guilherme, Tita, Dias, Léo e Rodrigo (André), Thiago Silva (Thiago Recife), Frans, Romário e Jean, Serjão (Alan) e Biro
Técnico: Hélio Cabral

Post retirado do blog: http://oblogdojuva.blogspot.com

Os Copeiros Caio di Pacce e Flaco Marques estavam presentes com as respectivas amadas, nós queremos agradecer as presenças dos amigos e leitores Brenna, Bruno, Thiago (Lomba), Luciano(Gambá), Vinícius, Mickey.

Abraços.
Caio di Pacce.

Anúncios

5 Respostas

  1. Carajoooooooo novamente agradeço o espaço
    Forza juveeeeeeeeeeee
    Vamo Juventinos
    Ontem achei que eu fosse morrer…que emoção

  2. eu sou da mooca…sou juventino…na minha mesa só pizza e vinho….durante os jogos…é @#$%$# eu @#$%$# @#$%%@# e #$%%$#@ a @#$%$# da juventina…laialaiala..

  3. Transcrevo o que já falei no email hoje.

    Achei legal o qto o Bairro acolhe o time e é uma pena estar nessa situação um time de tradição como o Juventus e ver na série A Times empresas como o Gremio Barueri, Prudentino e sabe-se la q mais cidade ele será…
    A federação deveria cuidar melhor de times como o Juventus que fazem parte da historia do nosso futebol. Saudades de campeonatos paulista com o Muleque Travesso, com a Gloriosa Ferroviária de Araraquara e afins.

    PS: O Cannoli por si só já vale a ida à Javari.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: