Clube Empresa

O conceito de “clube empresa” teve grande eco durante os anos 90. A lei Pelé e toda modernização econômica do período impulsionaram a profissionalização da gestão dos clubes de futebol.

A idéia se baseia na aplicação de controles administrativos na gestão das atividades do clube. E é aí que mora o primeiro problema dessa groselhada toda.

Primeiro, qual a principal atividade de um clube?

Certamente, alguém que se denomine “realista” dirá: lançar jogadores e vendê-los para outro clube. Errado. Clube de futebol existe para revelar grandes talentos sim, mas com a finalidade de ganhar títulos e desenvolver o esporte. A geração de receitas é consequência.

No ano passado, a então Sadia se viu em maus lençóis por ter desviado o foco da sua principal atividade. Ao invés de produzir alimentos, parecia que a empresa estava mais preocupada em alimentar-se dos retornos de derivativos. Deu no que deu.

Os clubes que embarcam nessa devem atentar a isso. Não precisamos de mais Luxemburgos e Desportivos Brasil no nosso futebol.

Do mais, só espero não estar vivo para ver Analistas Contábeis fazendo parte de comissões técnicas.

Anúncios

2 Respostas

  1. Sensacional Post mestre.
    O futebol brasileiro está assim devido a esse pensamento de geração de receitas, e não de conquista de títulos.

    Lembrem-se do Setor 2: ÓDIO ETERNO AO FUTEBOL MODERNO.

  2. Muito bom o post.
    Ótima analogia com a Sadia…
    ABs

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: